Search
quinta-feira 22 junho 2017
  • :
  • :

Salão De Sp 2016 Tem 1º Dia De Apresentações Para Imprensa

O Salão do Automóvel de São Paulo começa nesta terça-feira (7) para a imprensa. Neste dia, a partir das 8h30, 16 marcas apresentarão seus destaques, entre elas as que mais vendem no país: Fiat, Volkswagen, Chevrolet, Ford e Hyundai. O G1 transmite as apresentações ao vivo, direto do São Paulo Expo. Veja abaixo a agenda:

 Salão de SP 2016Feira vai de 10 a 20 de novembro

8h30 – Chevrolet9h – Fiat9h30 – Kia10h – Chrysler10h30 – Ford11h – Volkswagen11h30 – Toyota13h – Audi13h30 – Mercedes-Benz14h – Nissan14h30 – Honda15h – Renault15h30 – Jaguar Land Rover16h – Hyundai16h30 – Peugeot17h – SubaruNa quarta (9), outras 8 marcas irão mostrar as novidades aos jornalistas.

Para o público, o salão só será aberto nesta quinta (10), às 14h (veja guia para visitar).

O evento segue até o próximo dia 20, com entrada paga.

AUDI

RS6 e RS7 Performance

Audi RS 6 Performance (esq.) e RS 7 Performance (dir.) (Foto: Peter Fussy/G1)

Como fazer um sedã ou uma perua acelerarem praticamente lado a lado com uma Ferrari? Para a Audi, basta aprimorar um V8 biturbo, fazer ele render mais de 600 cavalos e dar o sobrenome Performance. Esta é a receita de RS 6 e RS 7 Performance, que vão de 0 a 100 km/h em 3,7 segundos – contra 3,6 segundos da Ferrari California T. Leia mais

R8

Audi R8 (Foto: Divulgação)

Demorou, mas enfim a segunda geração do R8 chega ao Brasil. O superesportivo foi mostrado no Salão de Genebra de 2015, em março do ano passado. Mas, como a Audi do Brasil ainda tinha unidades da geração anterior em estoque, o desembarque do novo modelo atrasou. O R8 é um dos poucos carros no mundo a ser vendido com motor V10. Sob a tampa traseira, a unidade de 5.2 litros desenvolve 610 cv. Leia mais

CHERY

Tiggo 2

Chery Tiggo 3x mostrado no Salão de Pequim (Foto: Divulgação)

A Chery mudou seus planos no Brasil de 2015 pra cá. Com isso, o principal produto no Salão de SP será o SUV compacto Tiggo 2. Este deve ser o nome escolhido para o utilitário que será produzido em Jacareí (SP) – a nomenclatura Tiggo 3X, como na China, está descartada. Na linha da chinesa, ele ficará abaixo do Tiggo atual. Leia mais

CHEVROLET

Camaro

Chevrolet Camaro “Fifty” (Foto: Divulgação)

A nova geração do Camaro foi confirmada no Brasil há um ano. Mas só agora a empresa americana deu detalhes de como será a chegada do muscle. A versão escolhida foi a especial Fifty, alusiva aos 50 anos do esportivo. Ela será equipada com motor V8 de 455 cv e câmbio automático de oito marchas. O preço ainda é uma incógnita, mas certamente será mais alto do que os atuais R$ 230.990. Leia mais

Cruze Sport6

Novo Chevrolet Cruze Hatch (Foto: REUTERS/Gary Cameron)

A GM já confirmou que o Cruze Sport6 manterá o nome na nova geração, e que ele também terá motor 1.4 turbo. Agora, só falta ele ser mostrado ao público brasileiro, o que irá acontecer no Salão. A Chevrolet promete um acerto mais esportivo do que no sedã, que prioriza o conforto. As vendas serão abertas no começo do ano que vem. Leia mais

Tracker

Chevrolet Trax 2017 (Foto: Divulgação)

Antes mesmo de a GM anunciar, a organização do Salão confirmou a presença do Tracker reestilizado no São Paulo Expo, em novembro. O SUV compacto ganha cara nova, e deve receber também o motor 1.4 turbo que já equipa o sedã Cruze. Outra novidade que deve pintar é o multimídia MyLink de segunda geração, assim como o assistente pessoal OnStar. Leia mais

CHRYSLER

Pacifica

Chrysler Pacifica (Foto: Divulgação)

Principal lançamento da marca no Salão de Detroit, em janeiro, a Pacifica é a nova geração da lendária Town & Country. O modelo só começa a ser vendido por aqui em 2017, mas já dá as caras no salão. Traz uma série de equipamentos interessantes, como abertura das portas laterais por movimento dos pés e possibilidade de “esconder” os assentos no assoalho, liberando espaço no porta-malas.

CITROËN

Concept Aircross

Citroën Aircross Concept (Foto: Divulgação)

Sem novidades reais para o consumidor, as novidades da Citroën serão 100% conceituais. A mais interessante delas, será o Concept Aircross, um SUV que aposta na tecnologia e na conectividade entre os passageiros. Ele possui 2 telas de 12 polegadas, sendo que uma pode ser compartilhada, alto-falantes e microfones nos assentos e câmeras embutidas para tirar e compartilhar fotos da viagem.

DODGE

Challenger Hellcat

Dodge Challenger SRT Hellcat (Foto: Divulgação/Barret-Jackson Auctions)

Este deve ser o veículo mais potente do Salão de São Paulo. Mas sua aparição no Brasil será quase tão rápida quando os 3 segundos que ele leva para acelerar de 0 a 100 km/h, já que ele não deve ser vendido por aqui tão cedo. Debaixo do enorme capô, há um – também enorme – V8 6.2 de 717 cv. Achou muito? Há uma chave extra, que libera “apenas” 500 cv. Leia mais

FIAT

Toro 2.4

Fiat Toro Volcano 2.0 Diesel (Foto: Divulgação)

É um fato que a Toro equipada com motor 1.8 flex ficou mais esperta (ou menos lenta) do que o Jeep Renegade com a mesma motorização, mas ainda está longe de ser referência em desempenho. Para corrigir este problema, a Fiat irá oferecer uma nova opção para a linha. O propulsor escolhido é o 2.4 de 186 cv da família TigerShark, já usado em outros modelos nos EUA. As versões com esta motorização serão posicionadas entre o 1.8 flex e o 2.0 diesel, ou seja, na casa dos R$ 90 mil.

FORD

Mustang

Ford Mustang Shelby GT 350 R (Foto: AFP PHOTO/GEOFF ROBINS)

Se em 2014, quando o dólar não era tão alto e as vendas não eram tão baixas, o Mustang era uma realidade distante do Brasil, imagine em 2016. Mesmo assim, a Ford trará o “muscle” para o Salão de São Paulo. E em duas versões: a tradicional V8 premium, de 435 cv e a Shelby GT 350R, equipada com o V8 aspirado mais forte da marca, com 533 cv. Nem é preciso dizer que o Mustang estará por aqui só a passeio. Leia mais

GT

Novo Ford GT estreia em Detroit (Foto: AP Photo/Carlos Osorio)

Outro modelo que vem a passeio ao Brasil é o GT. O superesportivo de nome icônico é dono de uma bela carroceria, e teve até “vestibular” para a venda das primeiras 300 unidades. Uma pena que nenhuma delas será destinada ao Brasil. O GT tem um moderno motor 3.5 EcoBoost, com mais de 600 cv. Leia mais

F-150 Raptor

Ford F-150 Raptor (Foto: REUTERS/Mark Blinch)

A F-150, o veículo mais vendido dos Estados Unidos estará no Salão de São Paulo em sua versão mais “brava”, Raptor. Mas adivinha? A picape não tem chances de ser vendida por aqui. Mesmo assim, é uma das atrações da Ford. Veja

Ranger Wildtrack

Ford Ranger Wildtrack (Foto: Divulgação)

Das novidades da Ford para São Paulo, a Ranger Wildtrack é a mais próxima de ser oferecida no Brasil. Trata-se de uma versão com visual aventureiro já vendida em mercados europeus e asiáticos. Tem detalhes exteriores em plástico cinza, uma opção de pintura laranja e bancos com um extravagante estofamento no mesmo tom. Traz motor 3.2 turbodiesel de 200 cv, assim como a Ranger já comercializada por aqui.

HONDA

WR-V

SUV compacto da Honda, flagrado em rodovia no interior de São Paulo (Foto: Aline Martins / VC no G1)

A Honda obviamente não confirma, mas terá um grande lançamento no Salão de São Paulo. É o WR-V, utilitário compacto baseado no Fit, que será posicionado entre o monovolume e o HR-V. Com isso, a fabricante japonesa conseguirá concorrer em uma faixa maior no segmento de SUVs no Brasil. Vale lembrar que a liderança já é do HR-V. Leia mais

McLaren MP4-31

McLaren MP4-31 (Foto: Divulgação)

Os resultados no retorno da parceria histórica entre Honda e McLaren na temporada de 2015 da Fórmula 1 deixaram muita gente decepcionada. A escuderia inglesa foi a penúltima colocada no campeonato de construtores. Neste ano, os resultados ainda não animam, mas já houve evolução. Ainda assim, o público do Salão de SP poderá conhecer o MP4-31, bólido pilotado pelos campeões mundiais Fernando Alonso e Jenson Button.

HYUNDAI

Creta

Hyundai Creta (Foto: Divulgação)

A Hyundai demorou, mas finalmente confirmou o lançamento do Creta no Salão de São Paulo, conforme informado pelo G1 em abril. O modelo inclusive deve ser um dos destaques da feira. Segundo a marca coreana, ele começa a ser produzido em Piracicaba (SP) no ano que vem. Será vendido com motor 1.6 de 128 cv do HB20, mas sua plataforma será a mesma do sedã Elantra. Leia mais

Tucson

Hyundai Tucson (Foto: Divulgação)

O Brasil provavelmente será o único país do mundo a ter em linha três gerações do Tucson ao mesmo tempo. Isso porque a geração atual, lançada no ano passado, será vendida por aqui até o final do ano. Embora a Caoa, reponsável pela venda, não confirme, o lançamento será no salão. O carro inclusive roda em testes pelo país. Lá fora, ele é vendido com motor 1.6 turbo de 176 cv. Leia mais

Elantra

Hyundai Elantra (Foto: AP Photo/Chris Carlson)

O sedã médio chega em nova geração. O desenho é o mesmo do modelo norte-americano, mas o conjunto mecânico segue sem mudanças. Segue o 2.0 aspirado de 167 cv. Com um visual rejuvenescido, o sedã chega em condições de brigar com outros modelos recém renovados, como Civic, Cruze e Sentra. Veja os preços

JAGUAR

F-Type SVR

Jaguar F-Type SVR (Foto: Divulgação)

Versão ainda mais potente do cupê, a SVR é preparada pela divisão de projetos especiais da Jaguar. O motor V8 5.0 ganhou 25 cavalos, chegando aos 575 cv, e podendo atingir a máxima de 320 km/h. O preço? Podemos esperar algo acima dos R$ 800 mil. Leia mais

I-Type

Jaguar I-Type (Foto: Divulgação)

Este modelo leva nome de carro de produção da Jaguar, mas é o bólido que irá representar a volta da Jag no automobilismo, no ano que vem, na Fórmula E, para monopostos elétricos. Sua unidade de potência desenvolve o equivalente a 270 cv. Apesar da aparente pouca potência, os carros da Fórmula E aceleram de 0 a 100 km/h em apenas 2,9 segundos.

JEEP

Compass

Jeep Compass Trailhawk 2017 (Foto: Flavio Moraes/G1)

Depois do sucesso do Renegade, a Jeep aposta suas fichas no “irmão” maior, Compass. O modelo foi lançado mundialmente para jornalistas no final de setembro, mas a primeira aparição pública dele será no Salão de São Paulo. Já com preços definidos, entre R$ 99.990 e R$ 149.990, brigará com Hyundai ix35, Kia Sportage e até os SUVs compactos premium, como BMW X1, Audi Q3 e Mercedes GLA. Leia mais

Grand Cherokee SRT

Jeep Grand Cherokee SRT (Foto: Divulgação)

Um SUV que quer ser esportivo. Este é o Grand Cherokee SRT, a versão mais potente do utilitário. Tem motor V8 de 6.4 litros que despeja 481 cv nas quatro rodas e acelera de 0 a 100 km/h em menos de 6 segundos. Para ajudar, traz controle de largada. Mas nem adianta se animar, afinal o SRT só está no Brasil a passeio.

Renegade

Jeep Renegade (Foto: André Paixão/G1)

A linha 2017 do Renegade deve marcar a primeira mudança no SUV. Mas não espere grandes alterações. Na estética, sem novidades. A Jeep vai mexer onde o utilitário mais peca: no motor flex. O propulsor ainda será o 1.8 de origem Fiat, mas com as mudanças adotadas na picape Fiat Toro. A potência aumenta 7 cv, de 132 cv para 139 cv.

KIA

Cerato

Kia Cerato (Foto: Divulgação)

O modelo que promete dar sobrevida a Kia no Brasil chega renovado no Salão de São Paulo. O Cerato, atualmente importado da Coreia, começará a ser trazido do México, e poderá ser vendido no Brasil com uma carga de impostos mais leve. O sedã traz dianteira com nova grade e faróis espichados. O que não muda é o motor 1.6 de 128 cavalos, nem a transmissão automática de seis marchas.

Niro

Kia Niro (Foto: Divulgação)

Para quem esperava o SUV compacto KX3,a Kia trará ao Salão de São Paulo o Niro. Não está familiarizado? É um utilitário esportivo um pouco maior do que o Honda HR-V. Mas a grande sacada é que trata-se de um carro híbrido, com motor 1.6 de 103 cv a gasolina e um elétrico, de 43 cv. Somados, empurram o Niro com 146 cv. Não há confirmação de venda no Brasil, mas sem dúvida seria uma boa aposta em um segmento carente de opções, como o dos híbridos.

LAND ROVER

Discovery

Land Rover Discovery (Foto: Divulgação)

O novíssimo SUV da Land Rover fará uma “ponte aérea” entre Paris e São Paulo – menos de dois meses separam a mostra paulista da francesa, onde ele estreou. O novo Discovery abandona as linha quadradas que o caracterizaram, e fica quase uma cópia em maior escala do Discovery Sport. O SUV traz uma série de novas tecnologias, como ajuste dos bancos por controle no celular ou tablet. Leia mais

Evoque conversível

Range Rover Evoque Conversível (Foto: Divulgação)

Novembro marca um ano de lançamento do Evoque conversível. Mas só agora ele será mostrado ao público brasileiro. Ainda assim, após o início das vendas, deve ser figurinha rara nas ruas brasileiras. Para abrir a capota, são necessários 18 segundos. Para fechar, 21 segundos. O processo pode ser realizado com o carro em movimento a até 48 km/h. Leia mais

LEXUS

LC 500h

Lexus LC 500h (Foto: Divulgação)

O belo cupê híbrido da Lexus é mais um modelo que só virá ao Brasil a passeio. A marca de luxo da Toyota trará o LC 500 híbrido para demonstrar seu novo sistema, que consiste em um V6 de 3.5 litros de 299 cv e um motor elétrico, de 60,6 cv. Somados, despejam 360 cv. A transmissão é automática de 4 marchas. No modo mais econômico, o uso do motor elétrico dispensa as duas primeiras marchas do câmbio.

LIFAN

X60

Lifan X60 reestilizado (Foto: Divulgação / Lifan) + DE AUTOESPORTESiga o programa nas redes sociais

O X60 foi o carro chinês mais vendido do Brasil em 2015. Para este ano, a Lifan promoveu mudanças consideráveis no SUV.

Ele chega ao Salão literalmente de cara nova, com uma nova grade dianteira – de gosto duvidoso, é verdade. Também traz como novidade a opção de câmbio automático, no caso uma caixa do tipo CVT.

X80

O X80 é o maior “irmão” do X60, e vem ao Brasil para ser avaliado pelo público brasileiro. Isso porque a Lifan ainda não se decidiu pela venda do SUV grande no país. Caso venha, será o produto mais caro de sua linha – e possivelmente o chinês de maior valor de tabela. Na China, ele tem motor 2.0 turbo de 183 cv.

MERCEDES-BENZ

C 43 Coupé

Mercedes-AMG C 43 Coupé (Foto: Divulgação)

A versão mais “mansa” do Classe C preparado pela AMG chega no Salão trazendo motor V6 biturbo de 367 cv e o veloz câmbio automático de 9 marchas. Tem uma bela carroceria cupê de duas portas e custa R$ 397,9 mil.

Classe C Cabriolet

Mercedes Classe C Cabriolet (Foto: Divulgação)

Além da versão cupê, o Classe C chega ao Brasil em uma inédita carroceria cabriolet, com a capota conversível. A nova opção conversível é baseada no cupê, e mantém as medidas básicas, de 4,69 m de comprimento e 2,84 m de entre-eixos. Leia mais

Classe E

Mercedes-Benz Classe E aparece renovado em Detroit (Foto: AFP PHOTO/Geoff Robins)

O sedã mais tradicional da fabricante alemã desembarca em uma nova e tecnológica geração. Chega no Salão de São Paulo, ainda sem versões definidas. As mudanças visuais mais importantes estão na traseira, com lanternas em novo formato. Entre os aparatos tecnológico, traz uma grande tela, que forma conjunto do quadro de instrumentos com a central multimídia. Leia mais

NISSAN

Frontier

Nissan Frontier (Foto: Rafael Miotto/G1)

A picape Frontier dividirá as atenções com o GT-R no estande da Nissan. Ela chega para, junto com a Volkswagen Amarok, completar a renovação das picapes médias no Brasil. Talvez por isso, a Frontier até teve o lançamento antecipado – a ideia era vender a picape renovada apenas em 2018. Deve trazer motor 2.3 de 190 cv a diesel. Leia mais

GT-R

Nissan GT-R (Foto: REUTERS/Eduardo Munoz)

Ao lado de Ford Mustang e Chevrolet Corvette, o Nissan GT-R faz parte do imaginário de muitos brasileiros. Mas, ao contrário das concorrentes americanos, a marca japonesa, não apenas confirmou, como já vende o “Godzilla” no Brasil, em configuração com motor V6 biturbo de 572 cv. Os pedidos são sob encomenda, ao custo de R$ 900 mil. Não tem toda esta quantia na conta? Você pode conhecer o superesportivo no Salão de São Paulo. Leia mais

PEUGEOT

3008

Peugeot 3008 (Foto: REUTERS/Benoit Tessier)

A aparição em São Paulo servirá para avaliar a receptividade do público com o agora SUV. Isso porque, na geração que é vendida aqui atualmente, o modelo é, no máximo, um crossover, com vocação familiar. Se for “aprovado”, deve chegar no ano que vem, bem mais caro do que os R$ 118 mil da versão atual. Por outro lado, deve incorporar uma série de novas tecnologias. Leia mais

PORSCHE

718 Cayman

Porsche 718 Cayman (Foto: Divulgação)

O antigo Cayman ganhou o prefixo 718 assim como o conversível Boxster. Mais do que isso, na nova geração, há também novidades debaixo da tampa traseira. A partir de agora, o cupê será empurrado por um motor de 4 cilindros contrapostos de 2 litros sobrealimentado. A potência varia entre 300 cv e 350 cv, e o câmbio é o já conhecido PDK, de dupla embreagem e 7 marchas. Leia mais

Panamera

Nova geração do Porsche Panamera (Foto: Divulgação)

O sedã da Porsche foi totalmente renovado em junho deste ano. A estreia no Brasil será no Salão do Automóvel. Além do desenho renovado, há novos motores — um V6 de 440 cv na versão S e um V8 de 550 cv na Turbo. Destaque também para a transmissão automatizada PDK de segunda geração, de 8 marchas. Em conectividade, há uma enorme central multimídia com tela de 12,3 polegadas. Leia mais

RAM

1500

ram 1500 (Foto: Andrew Burton/Getty Images/AFP)

Se você sempre quis ter uma picape da Ram, mas não tem habilitação para dirigir caminhões, seus problemas acabaram. A marca americana da FCA trará para o Salão do Automóvel a 1500, uma versão menor da grandalhona 2500. O modelo ainda é consideravelmente maior do que uma Toyota Hilux, por exemplo, mas pode ser guiado com a CNH do tipo B, para automóveis. As vendas começam apenas em 2017, na casa dos R$ 200 mil.

RENAULT

Kwid

Renault Kwid (Foto: Divulgação)

A Renault terá uma trinca de novidades para o Salão. A mais importante delas é também o menor dos modelos, o Kwid, que a Renault vai tentar vender como um mini SUV. O substituto do Clio chega com motor 1.0 de três cilindros e 75 cv. Terá airbags frontais (obrigatórios) e laterais de série em todas as versões. Concorrerá com Fiat Mobi e Volkswagen Up. Leia mais

Captur

Renault Captur (Foto: Divulgação)

Prometido há alguns anos, o Captur foi, enfim, confirmado para o Brasil. Caberá a ele ocupar o patamar acima do Duster, e concorrer diretamente com Honda HR-V e Jeep Renegade. Apesar de novidade, o Captur irá compartilhar plataforma com uma série de modelos, como o próprio Duster, além de Logan, Sandero e dos Nissan March, Versa e Kicks. Dos Nissan, inclusive, ele herda o motor 1.6 16V de 111 cv. A outra opção é o conhecido 2.0 da Renault, de 148 cv. Leia mais

Koleos

Renault Koleos (Foto: Divulgação)

O terceiro e maior SUV que a Renault planeja lançar no Brasil é o Koleos, que deve ocupar a mesma faixa de Hyundai ix35, Jeep Compass e Kia Sportage. O Koleos será vendido com motor 2.5 de 170 cv a gasolina, aliado a uma transmissão do tipo CVT. Leia mais

SUZUKI

S-Cross

Suzuki S-Cross reestilizado (Foto: Divulgação)

Rodando em testes pelo Brasil, o S-Cross é outro crossover que deve aparecer no estande da Suzuki no Salão de São Paulo. A informação foi confirmada por concessionárias da marca. As diferenças no visual são, em sua maioria, na dianteira. Há novos faróis e uma grade totalmente redesenhada, com 10 barras verticais, em vez das quatro horizontais. Na Europa, o novo S-Cross será oferecido com motores 1.0 e 1.4 turbo e 1.6 aspirado. Leia mais

Vitara

suzuki vitara (Foto: Divulgação)

O SUV será o grande destaque da Suzuki no Salão de São Paulo. Menor do que Grand Vitara e S-Cross, o novo Vitara chega para brigar, em porte, com Jeep Renegade, Honda HR-V e Ford EcoSport. A Suzuki irá apostar na variedade de versões. Serão dois motores – 1.6 de 120 cv e 1.4 turbo, de 140 cv, duas transmissões, manual ou automática e tração dianteira ou integral. Veja preços e versões

TOYOTA

C-HR conceito

Toyota C-HR (Foto: Divulgação)

A Toyota não está presente no segmento de maior ebulição do Brasil, o de SUVs compactos. Mas não é por falta de produto. O C-HR já foi mostrado no exterior, mas o mais próximo que os brasileiros terão é uma versão conceitual do modelo. Ele servirá como termômetro, e pode definir a venda da versão final em um futuro nem tão próximo. Leia mais

VOLKSWAGEN

Amarok

Volkswagen Amarok vai abandonar o motor 2.0 a diesel na Europa (Foto: Divulgação)

Único modelo afetado pelo escândalo do diesel no Brasil, a Amarok teve o motor 2.0 turbodiesel substituído na Europa. A nova opção é um V6 de 3 litros, com diferentes níveis de potência entre 163 cv e 224 cv. A mudança veio acompanhada de um leve retoque no visual – com novos faróis. O interior ficou mais caprichado. Leia mais

Up

Volkswagen Up! passa pela primeira reestilização (Foto: Divulgação)

A concorrência pesada do Fiat Mobi e as recentes derrotas nas vendas mensais farão a Volkswagen se mexer. A resposta será imediata, com a primeira reestilização do Up. O subcompacto ganha novos para-choques dianteiro e traseiro, grade redesenhada e lanternas com novos grafismos. O bom conjunto mecânico será mantido, mas o carrinho deve ganhar mais equipamentos. Leia mais

Serviço:Salão Internacional do Automóvel de São Paulo 2016Data: De 10 a 20 de novembroLocal: São Paulo Expo (antigo Centro de Exposições Imigrantes)Endereço: Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5 (850 m da estação Jabaquara do metrô)Venda de ingressos: www.salaodoautomovel.com.br