Search
sexta-feira 21 julho 2017
  • :
  • :

Motos Mais Caras Do Brasil: Veja As 10 Que Lideram O Ranking

Com a chegada da 1299 Superleggera ao Brasil, em pré-venda anunciada pela Ducati, a lista das motos mais caras do Brasil tem uma nova líder.

 MOTOS 2017veja novidades previstas para o ano

O modelo esportivo para pistas terá apenas 3 unidades destinadas ao país e custa “módicos” R$ 550 mil, fazendo-a superar a Kawasaki Ninja H2R, antiga mais cara, que custa R$ 357 mil.Por este preço, a Superleggera é mais cara, por exemplo, que um Porsche 911 Carrera, que custa R$ 509 mil.

Só para efeito de comparação, com a mesma quantia também é possível levar para casa mais de 70 unidades da Honda CG 160, que é a moto mais vendida do Brasil e custa a partir de R$ 7.740.VEJA AS 10 MOTOS MAIS CARAS DO BRASIL:

1. Ducati 1299 Superleggera: R$ 550 mil

Ducati 1299 Superleggera (Foto: Divulgação)

Uma das esportivas mais exclusivas da atualidade, a 1299 Superleggera foi revelada no Salão de Milão 2016. Além de motor de 2 cilindros e 215 cavalos de potência, a moto tem diversos elementos de fibra de carbono, a deixando com apenas 167 kg em ordem de marcha. (LEIA MAIS)2. Kawasaki Ninja H2R: R$ 357 mil

Kawasaki Ninja H2R no Salão Duas Rodas 2015 em São Paulo (Foto: Caio Kenji/G1)

Um verdadeiro canhão sobre rodas, assim pode ser definida a Ninja H2R. Assim como a Superleggera, esta moto não é homologada para a rua, só podendo rodar em circuito fechado. Seu motor é de 4 ciindros e 998 cc, com o diferencial de utilizar supercharger. As vendas são feitas apenas por encomenda. (LEIA MAIS)3. Yamaha YZF-R1M: R$ 169.990

Yamaha R1M é apresentada no Salão Duas Rodas 2015 (Foto: Caio Kenji/G1)

Totalmente reformulada em 2014, a nova geração da R1 tem motor de 4 cilindros e 998 cc, que é capaz de render 200 cavalos de potência. Mas a marca ainda desenvolveu a versão M, com diversos elementos mais leves e pensada para o uso em pista. O modelo tem caranagens de fibra de carbono e suspensão eletrônica. (LEIA MAIS)

4. Kawasaki Ninja H2 Carbon: R$ 164 mil

Kawasaki Ninja H2 Carbon (Foto: Divulgação)

A H2 é a variante para as ruas da H2R, mas nesta versão Carbon tem carenagens de fibra de carbono. A potência máxima do motor caiu para “apenas” 210 cavalos e a moto é homologada para as ruas. (LEIA MAIS)5. Ducati 1199 Panigale R: R$ 159.900

Ducati Panigale R (Foto: Divulgação)

Esta moto é a versão máxima da Panigale para rodar em pista. Seu motor de 1.198 cc rende 205 cavalos de potência e diversos adventos vieram da experiência da empresa no Mundial de Superbike. O modelo tem controle de tração, ajustes eletrônicos da suspensão, ABS e acelerador eletrônico. Seu motor recebeu peças mais leves para melhorar o peso-potência.6. BMW K 1600 GTL Exclusive: R$ 154.400

BMW K 1600 GTL Exclusive (Foto: Divulgação)

Comparado ao assento de um avião, a BMW K 1600 GTL Exclusive seria algo como a primeira classe para as motos. A moto é uma versão ainda mais top da GTL, com coloração especial branca, apoio especial para os braços do garupa e assentos e manoplas com aquecimento. Com som integrado, a Exclusive possui motor de 6 cilindros e 160,5 cavalos de potência. (LEIA MAIS)7.Kawasaki Ninja H2: R$ 154 mil

 Modelo de “entrada” da linha como motores supercharger da empresa, a H2 ainda mantém muita exclusividade e potência. O motor rende 201 cavalos, suas carenagens têm pequenas “asas” aerodinâmicas e muita tecnologia embarcada. (LEIA MAIS)8. Harley-Davidson CVO Limited: R$ 142.400

Harley-Davidson CVO Limited (Foto: Divulgação)

A CVO Limited é o que existe de mais top para ser encontrado na linha Harley-Davidson. Além do “motorzão”, possui sistema de som de última geração com tela sensível ao toque. Mas a exclusividade está no processo artesanal de componentes e a customização de fábrica tradicional da linha CVO. Este ano, a principal novidade foi a adoção da nova geração de motores da empresa: o Milwaukee-Eight, que promete funcionamento linear e menor vibração. (LEIA MAIS)

9. Harley-Davidson CVO Street Glide: R$ 142.400

Harley-Davidson CVO Street Glide (Foto: Divulgação)

Seguindo a linha das CVO (Custom Vehicle Operation), com modelos customizados de fábrica, a CVO Street Glide é uma opção mais despojada em relação à Limited. Suas carenagens são melhores e não há o top case na parte traseira. O motor também evoluiu para o Milwaukee-Eight 114 de 1.870 cc. (LEIA MAIS)

10. BMW K 1600 GTL: R$ 131.200

BMW K 1600 GTL (Foto: Raul Zito/G1)

O modelo, que dá a base para a K 1600 GTL Exclusive, também possui muita tecnologia e esbanja no conforto. Destaque para o pacote amplamente tecnológico, com controle de tração, freios ABS e farol de adaptação automática. O motor rende 160,5 cavalos. (LEIA MAIS)