Search
domingo 28 maio 2017
  • :
  • :

Governo Do Es Divulga Datas Para Pagamento De Ipva; Veja Tabela

Numa época de arrocho financeiro das famílias, o calendário de pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) traz uma novidade para o contribuinte. Em 2017, será possível optar pelo pagamento à vista, com 5% de desconto, ou parcelado em até quatro vezes.

É a primeira vez que a obrigação tributária poderá ser quitada em mais cotas. Até 2016, a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) dividia o imposto em, no máximo, duas prestações.O prazo maior foi estabelecido pela Lei 10.570/2016, de autoria do deputado estadual Bruno Lamas, sancionada em agosto pelo governador Paulo Hartung.VEJA A PUBLICAÇÃO NO DIÁRIO OFICIAL

O alongamento do prazo tem como objetivo reduzir a inadimplência, principalmente neste período de crise financeira e de alto desemprego.

Segundo a programação divulgada nesta quarta-feira (14) no Diário Oficial do estado, proprietários de carros, motos e caminhonetas cujas placas terminam com os números entre 01 e 05 serão cobrados primeiro.

Para eles, o pagamento está previsto para iniciar em 12 de abril. Se optarem pelo parcelamento, a última cota vencerá em 12 de junho.

Para quem é proprietário de caminhões e ônibus, o calendário é diferente. Esses começam a pagar em março e poderão dividir em até duas vezes.

Apesar da flexibilização do pagamento, o contribuinte deve tomar cuidado. Se tiver o dinheiro guardado, a melhor opção é liquidar de uma vez o que deve ao Fisco, aplicando os 5% economizados com a multa numa poupança, por exemplo.

Tabela IPVA no Espírito Santo (Foto: Arte/ A Gazeta)

CálculoO valor do IPVA é calculado em cima do preço de mercado dos veículos definida pela Tabela Fipe, pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas.Cerca de 1,3 milhão de veículos estão sujeito ao pagamento do imposto, entre a frota de 1,74 milhão. O restante, por terem data de fabricação superior há 15 anos, estará livre da tributação.Automóveis e motocicletas comprados a partir de janeiro pagarão, de acordo com a Sefaz, 1% de alíquota, assim como caminhões, ônibus e micro-ônibus já em circulação. Para carros de passeio, caminhonetes e embarcações usadas é aplicada uma alíquota de 2%.BoletosOs boletos para o pagamento do imposto começam a ser entregues pelos Correios no mês anterior ao vencimento da cota única. Os documentos serão enviados ao endereço inscrito no Departamento Estadual de Trânsito (Detran) – por isso, é importante que os proprietários estejam sempre com o cadastro atualizado.Quem não receber a cobrança deve retirar uma segunda via do DUA no site do Detran (www.detran.es.gov.br) ou nas agências do Ciretran. Caso o pagamento não ocorra dentro do prazo estipulado pelo calendário, o contribuinte estará sujeito a multa e juros, além de ficar com a documentação do veículo irregular.