Search
domingo 28 maio 2017
  • :
  • :

Ford, Toyota E Outras Montadoras Se Unem Por Sistema Multimídia

Bob Carter, vice-presidente de operações da Toyota, apresenta carro-conceito na na CES; montadora se juntou a outras para desenvolver sistema rival ao Android Auto e ao CarPlay (Foto: Jae C. Hong/AP)

Ford, Toyota, PeugeotCitroën, Subaru, Suzuki e Mazda anunciaram na última  quarta-feira (4) uma parceria para desenvolver sistemas de conectividade para carros.

A base é um programa chamado “SmartDeviceLink”, ou SDL (na sigla em inglês), desenvolvido pela Ford, que permite conectar aplicativos de smartphones às telas dos painéis dos veículos. Ele seria uma alternativa aos dois principais sistemas do tipo para carros: o CarPlay, da Apple, e o Android Auto, do Google.

saiba mais

A ideia é deixá-lo com código aberto, para incentivar outras empresas desenvolverem aplicativos inovadores e mais seguros para promover a interatividade entre carros e smartphones.

A tecnologia SDL integra os aplicativos de smartphone aos veículos através de botões no painel, telas de exibição e tecnologia de reconhecimento de voz.

Há 1 ano a montadora e a Toyota já tinham anunciado que usariam esse sistema. A Ford, no entanto, oferece CarPlay e Android Auto nos carros equipados com a central multimídia Sync3. A Toyota, não.

Agora, as duas ganharam mais parceiros e a aliança será chamada de SmartDeviceLink Consortium, que vai cuidar do programa e de seu desenvolvimento, estudando as formas de conectar carros aos smartphones.

Mais parceirosAlém das montadoras, o grupo conta também com fabricantes de centrais multimídia e desenvolvedores como Elektrobit Automotive, Luxoft Holding and Xevo. Harman, agora pertencente à Samsung, Panasonic, Pioneer e QNX também anunciaram intenção de participar.

Adotar um padrão de conectividade não relacionado à Apple ou Google pode ajudar as montadoras na China, maior mercado automotivo global, onde companhias locais como Alibaba Group Holding são grandes participantes em serviços e mapeamento em aparelhos móveis.

O Google tem uma presença limitada na China, embora a empresa já tenha sinalizado que pode se expandir no país.

 + DE AUTOESPORTESiga o programa nas redes sociais

Fiat Chrysler se une ao GoogleA dona do Android Auto já tinha oferecido o código do sistema a montadoras, para que ajudassem a desenvolvê-lo.

Na última terça-feira (3), a Fiat Chrysler e o Google anunciaram que apresentarão durante a CES, maior feira de tecnologia do mundo, um Chrysler 300 com o sistema Android integrado à central multimídia UConnect.

A diferença disso para o Android Auto é que o novo sistema permitirá que aplicativos como Google Maps e o Spotify rodem dentro da central da Fiat, mantendo a “cara” e os recursos dessa central. O Android Auto, que é mais simples, não roda dentro das centrais; ele funciona “puxando” os dados do smartphone conectado à central e possui uma interface própria e bastante limitada.