Search
quarta-feira 24 maio 2017
  • :
  • :

Fiat Grand Siena Ganha Opção De Motor 1.0 Por R$ 43.590

Fiat Grand Siena Attractive 1.0 (Foto: Divulgação)

A Fiat anunciou nesta sexta-feira (2) que preencherá a lacuna deixada pelo fim da linha do Siena EL com o inédito Grand Siena Attractive 1.0 Evo, que custará a partir de R$ 43.590. O sedã ainda manterá as opções 1.4 e 1.6.

Veja os preços sugeridos para o Grand Siena 2017:Attractive 1.0 Flex – R$ 43.590Attractive 1.4 Flex – R$ 50.750Essence 1.6 Flex – R$ 55.950

O motor 1.0 Evo é da família “antiga” da Fiat – Uno e Mobi já podem ser equipados com a linha FireFly, de 3 cilindros. No Grand Siena, ele rende no máximo 75 cavalos de potência com etanol e 9,5 kgfm de torque, sempre com câmbio manual de 5 marchas.

Ar-condicionado, direção hidráulica, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas, computador de bordo, predisposição para rádio (4 alto-falantes e antena), pneus “super verdes”, roda de 14 polegadas com calota e alertas de limite de velocidade são itens de série no Grand Siena Attractive 1.0.

 + DE AUTOESPORTESiga o programa nas redes sociais

Quem quiser um pouco de conforto precisará acrescentar pacotes opcionais.

O “Kit Creative 1” inclui volante com regulagem de altura, vidros elétricos traseiros, retrovisores externos elétricos com rebaixamento automático, banco do motorista com regulagem de altura, porta-óculos, alças de segurança e apoia-pé para o motorista.

Rádio com CD, USB e Bluetooth, sensor de estacionamento traseiro e volante multifuncional entram apenas no “Kit Creative 2”.

Para quem pensa em economia, vale a pena pensar nas opções 1.4 ou 1.6, porque o consumo médio de combustível do motor 1.0 Evo no Grand Siena é maior do que nas outras versões. Segundo a fabricante, a média é de 11,2 km/l (gasolina) e 7,9 km/l (etanol) na cidade, com motor 1.0.

Já o Grand Siena Attractive 1.4 faz 14 km/l (gasolina) e 9,5 km/l (etanol) na cidade, enquanto o 1.6 registrou 13,4 km/l (gasolina) e 9,3 km/l (etanol) no mesmo ciclo.

Fiat Grand Siena Attractive 1.0 (Foto: Divulgação)