Search
terça-feira 28 março 2017
  • :
  • :

Elétricos De Bmw E Tesla Têm Falhas Em Teste De Colisão Nos Eua

BMW i3 passa por teste de colisão nos Estados Unidos. Veículo apresentou bom comportamento aos impactos, mas proteção do encosto de cabeça foi falha (Foto: Matt Daly/Insurance Institute for Highway Safety via AP)

Os carros elétricos BMW i3 e Tesla Model S ficaram abaixo do esperado em teste de colisão nos Estados Unidos, apontou o Instituto de Seguros para a Segurança em Estradas (IIHS), nesta quarta-feira (1).

 + DE AUTOESPORTESiga o programa nas redes sociais

“Não há razão para que os veículos mais eficientes não sejam também os mais seguros”, disse David Zuby, vice-presidente executivo da IIHS.

Para serem qualificados com o certificado máximo de segurança da entidade, o “Top Safety Pick Award”, os veículos precisam obter bons resultados nos 5 testes realizados, mas i3 e Model S não conseguiram a máxima pontuação em todos.

Os crash-test feitos plo IIHS são: colisão na dianteira parcial, colisão na dianteira moderada, colisão lateral, resistência do teto e segurança dos encostos de cabeça.

Também é necessário que o veículo tenha um sistema de prevenção de colisão frontal e bons ou aceitáveis faróis.

Tesla Model S

Tesla Model S (Foto: Matt Daly/Insurance Institute for Highway Safety via AP)

De acordo com a entidade, o Tesla Model S obteve bons resultados nos testes de segurança, com exceção da “colisão dianteira parcial”, na qual foi avaliado apenas como aceitável.

O carro teve problemas no teste quando o cinto de segurança permitiu que o torso do boneco se movesse muito para frente. Isso permitiu a cabeça do manequim bater no volante rígido, passando pelo airbag. Medições do manequim indicaram que lesões na cabeça, juntamente com a perna direita inferior, seriam possíveis em uma batida real da mesma gravidade.

A avaliação foi realizada com unidades 2016 e 2017 feitas depois de outubro do ano passado. A Tesla afirmou que fará mudanças na produção a partir de 23 de janeiro para solucionar os problemas e, depois disso, o IIHS fará novos testes com o veículo.

Uma das versões do Model S, a P100D, também apresentou resistência do teto aquém do esperado. Outros deslizes foram a falta de sistema de prevenção de colisão frontal e os faróis qualificados como “pobres”.

BMW i3O pequeno elétrico i3 não alcançou o certificado de máxima segurança por ser qualificado apenas como aceitável no teste de segurança dos encostos de cabeça e para os faróis. O teste constatou que a proteção para o pescoço em acidentes pode trazer ferimentos aos ocupantes.“BMW claramente pensou muito sobre segurança ao projetar o i3”, disse Zuby. “É uma pena que ele perdeu a marca nos apoios de cabeça, que é algo que a maioria dos veículos de hoje está no padrão correto. Entre os carros pequenos, o i3 é o único modelo 2017 que não obteve uma boa classificação”