Search
quinta-feira 22 junho 2017
  • :
  • :

Dono De Gol Gt 1986 ‘aprova’ Conceito Criado Para O Salão De Sp

Paulo Fragoso e o GT Concept no Salão do Automóvel (Foto: André Paixão / G1)

O veículo mais fotografado no estande da Volkswagen no Salão do Automóvel não está à venda e talvez nunca seja lançado. O GT Concept é uma releitura moderna do clássico Gol GT dos anos 80. Mas será que um dono do modelo original aprovaria a nova versão?

 Salão de SP 2016Feira vai de 10 a 20 de novembro

Para descobrir a resposta, o G1 esteve com o representante comercial Paulo Marcelo Fragoso Santos, dono de um exemplar 1986 do Gol GT. Ele participou de uma carreata com clássicos da Volkswagen promovida pela marca até o São Paulo Expo.

Logo de cara, Fragoso destacou as semelhanças entre seu carro e o conceito. “Ele surpreende pelos detalhes que remetem ao carro dos anos 80, como os frisos, o logotipo GT, o adesivo no vidro traseiro”, comentou.

Ao ser questionado se trocaria o veículo 1986, já com placas pretas (de colecionador), pela nova versão, a resposta foi espontânea. “Teria os dois. Faria um esforço pra comprar um novo”, disse.

Para Fragoso, uma versão de produção do novo Gol GT deveria sair de fábrica com carroceria de duas portas, e motor mais potente do que os oferecidos atualmente na linha. “Ficaria feliz com um 2.0 TSI, mas o 1.4 TSI já seria o suficiente”, brincou.

Paulo Fragoso e seu Gol GT 1986 no Salão do Automóvel (Foto: André Paixão / G1)

Estado impecávelFragoso adquiriu o Gol GT há três anos, e é seu único carro antigo. No início deste ano, quando o modelo passou a poder receber placas pretas (a idade mínima é de 30 anos), ele correu para que o modelo pudesse ganhar as novas credenciais.

O estado do veículo é impecável, com direito a estofamento, borrachões e símbolos GT originais. Mesmo com o tempo nublado, a chamativa pintura vermelha se destaca, reluzente.

Gol GT 1986 de Paulo Fragoso (Foto: André Paixão / G1)

Mas nem sempre foi assim. “Quando comprei o carro, fiz todo o processo de restauração. É difícil encontrar algumas peças. Comprei os borrachões de uma pessoa de Santa Catarina, e já tenho estocado o estofamento original da Recaro que encontrei de um modelo abandonado”, contou Fragoso. 

O Gol GT tem motor 1.8 de 99 cavalos, e se diferencia dos demais da época pelos detalhes em preto na carroceria, faróis auxiliares, inscrição GT na lateral e bancos Recaro.

Certificado de originalidade do Gol GT 1986 (Foto: André Paixão / G1)

Carro de final de semanaComo todo bom “pai”, Fragoso é um dono zeloso. O Gol GT só sai da garagem aos finais de semana ou para eventos. E nem pense em fazer uma proposta para comprar dele o hatch.

“A ideia desde o começo não é vender o carro. Não montei ele pensando em vender. Já recebi várias propostas, mas não aceitei nenhuma”, conta, sem revelar o valor das propostas ou dizer quanto aceitaria pelo carro.

COMPARE O GOL GT 1986 E O GOL GT CONCEPT

Gol GT 1986 de Paulo Fragoso (Foto: André Paixão / G1)Gol GT 1986 de Paulo Fragoso (Foto: André Paixão / G1)Volkswagen Gol GT Concept (Foto: Alan Morici / G1)Volkswagen Gol GT Concept (Foto: Alan Morici / G1)