Search
sexta-feira 23 junho 2017
  • :
  • :

Condutores De Cinquentinhas Fecham Pistas Para Denunciar Falta De Cursos

Protesto de condutores de cinquentinhas em frente ao Detran, em Salvador (Foto: Juliana Almirante/G1)

Um grupo de condutores de cinquentinhas protestam na manhã desta quarta-feira (26) em frente ao Detran, na Avenida ACM, em Salvador, para denunciar a falta de cursos em autoescolas para conseguir a Autorização para Conduzir Ciclomotores (ACC).

Por volta das 11h, os manifestantes ocuparam duas faixas da via marginal à ACM e deixaram o trânsito complicado na região. Eles permaneceram bloquendo as pistas por cerca de meia hora. A Polícia Militar chegou ao local e negociou com os manifestantes, que liberaram uma faixa por volta de 11h30. A partir daí, eles ficaram sobre a calçada e em uma das faixas no sentido Rótula do Abacaxi.

Protesto de condutores de cinquentinhas em frenteao Detran, em Salvador (Foto: Juliana Almirante/G1)

Diart de Jesus da Silva, presidente do “Clube de Cinquentinhas”, que tem 328 integrantesem Salvador reclamou da indisponibilidade de vagas.

“Nenhuma autoescola oferece o curso. O Detran ofereceu vagas insuficientes. Ninguém do clube conseguiu se inscrever”, contou.

Valor da multaEm novembro, quem for pego conduzindo “cinquentinha” sem habilitação cometerá infração gravíssima com multa agravada, que é multiplicada por 3. Assim, como a penalidade para infração gravíssima subirá para R$ 293,47 em 1º de novembro, a cobrança por rodar sem habilitação chegará a R$ 880,41. O veículo também poderá ser apreendido.

Para guiar “cinquentinha” é preciso ter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria A, para motos, ou a ACC, um documento pouco conhecido do público.

Protesto de condutores de cinquentinhas em frente ao Detran, em Salvador (Foto: Juliana Almirante/G1)Protesto de condutores de cinquentinhas em frente ao Detran, em Salvador (Foto: Juliana Almirante/G1)saiba mais