Search
segunda-feira 24 julho 2017
  • :
  • :

Civic Si, Ecosport E Jaguar Elétrico Se Destacam No Salão De Los Angeles

Salão de Los Angeles fica aberto até domingo (Foto: AP/Reuters/AFP)

O Salão do Automóvel de Los Angeles recebe o público até o próximo domingo (27) com algumas novidades que devem aparecer no Brasil em pouco tempo e outras que devem demorar bastante.

Teve carro “brasileiro” que surgiu primeiro por lá, mas também um caso curioso de modelo  global que já é vendido no Brasil, mas teve sua estreia no mercado norte-americano só agora.

Assim como no Salão de São Paulo, há uma área de testes para o público ter um pequeno contato com as novidades, mas um motorista causou um acidente na segunda-feira (21), que deixou 6 feridos.

Confira os principais destaques do Salão de Los Angeles:

Alfa Romeo Stelvio

Alfa Romeo Stelvio (Foto: AP Photo/Jae C. Hong)

É o primeiro SUV da história da marca italiana, que faz parte do grupo Fiat Chrysler (FCA). A estreia foi com a roupa de gala da linha esportiva Quadrifoglio, motor 2.9 V6 biturbo, de 510 cavalos de potência, desenvolvido com tecnologia da Ferrari. A versão mais “simples” terá um 2.0 turbo de 280 cv e câmbio automático de 8 velocidades.

Depois de promessas não cumpridas, a FCA não tem uma previsão de data para relançar a marca Alfa Romeo no Brasil, principalmente por causa da queda do mercado e das dificuldades econômicas. Ou seja, ainda vai demorar para chegar ao Brasil.

Ford EcoSport

Novo Ford EcoSport (Foto: AP Photo/Chris Carlson)

Uma das maiores ausências do Salão de São Paulo, o EcoSport apareceu reestilizado só nos Estados Unidos, onde deve ser vendido apenas em 2018. No Brasil, o visual deve ser atualizado um pouco antes para tentar recuperar vendas perdidas para o Honda HR-V e Jeep Renegade, que são os atuais líderes do segmento por aqui.

As principais alterações estão na frente. A grade superior está mais unida aos faróis e abriga o emblema da Ford, que ficava separado. Os faróis principais têm novo conjunto, incluindo luz diurna de LED. Veja o que vai mudar no EcoSport.

Jaguar I-Pace

Jaguar I-Pace (Foto: REUTERS/Lucy Nicholson)

O primeiro veículo elétrico da Jaguar não é apenas um conceito, ele já chega com promessa de produção em 2018. O modelo é um SUV médio, nos moldes do recente F-Pace, movido por motores elétricos posicionados nos eixos, com potência combinada de 400 cavalos.

A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 4 segundos, de acordo com a fabricante. As baterias terão autonomia para rodar cerca de 500 quilômetros, e uma recarga completa levará 2 horas.

Honda Civic Si

Honda Civic Si (Foto: Divulgação)

 

Ainda é um protótipo, mas está bem perto do que vai ser a versão final do membro que faltava na 10ª geração da família Civic. Ele trocará o motor 2.4 aspirado, de 206 cavalos de potência, por um turbo de 1.5 litro, mas a Honda já garantiu que será o mais potente Civic Si da história. Ou seja, ajustes no motor elevarão a potência de 176 cv da versão Touring – a única equipada com o turbo no Brasil.

O esportivo será lançado nos EUA em 2017, onde vai ser posicionado abaixo do Type-R, que será o verdadeiro Civic fabricado para as pistas. A Honda do Brasil afirmou ao G1 que ainda não tem previsão de lançamento para os brasileiros. A última geração Civic Si foi lançada por aqui em 2014 e vendeu apenas 300 unidades.

Jeep Compass

Jeep Compass (Foto: Chris Carlson/AP)

Por mais que os norte-americanos queiram desmerecer, o lançamento mundial do Jeep Compass foi em setembro, no Brasil, inclusive com a presença do chefão da FCA, Sergio Marchionne.

A diferença é que, os EUA, o Compass terá motor 2.4 a gasolina, de 180 cv, no lugar do 2.0 flex, de 166 cv, que equipa as versões de entrada no mercado brasileiro. O “irmão” maior do Renegade já é fabricado em Goiana (PE) e também esteve no Salão de SP.

Mercedes-Maybach S 650 Cabriolet

Mercedes Maybach (Foto: Robyn Beck/AFP)

Quem foi ao Salão de São Paulo viu o sedã S 500 preparado pela divisão de luxo da Mercedes-Benz, que pode ser encomendado por preço a partir de R$ 1,2 milhão. Já o Salão de Los Angeles recebeu a estreia da versão conversível que erá apenas 300 unidades produzidas.

Com motor V12 6.0 biturbo de 630 cavalos, ele acelera de 0 a 100 km/h em 4,1 segundos e atinge velocidade máxima (limitada) de 250 km/h. A transmissão é automática de 7 velocidades.

Nissan Rogue – Rogue One Star Wars Limited Edition

Nissan Rogue – Star Wars Limited Edition (Foto: AP Photo/Chris Carlson)

 

A Nissan entrou na onda de “Star Wars” com o SUV que tem o nome do próximo episódio da saga, “Rogue One”, que estreia em dezembro nos EUA. Um grupo de Stormtroopers participou do lançamento no Salão de Los Angeles.

Serão produzidas 5.400 unidades, apenas para os a América do Norte. Os compradores pagarão US$ 1.990 a mais pelo pacote limitado, que inlcui placa numerada e uma réplica de capacete Death Trooper em tamanho real.

Chevrolet Colorado ZR2

Chevrolet Colorado ZR2 (Foto: AP Photo/Chris Carlson)

 

A picape que serviu de inspiração para a brasileira S10 ganhou uma versão mais preparada para encarar obstáculos fora de estrada, com altura elevada, melhores ângulos de ataque e saída, e um sistema de suspensão dinâmica adaptada do esportivo Camaro.

Toyota CH-R

Toyota CH-R (Foto: AP Photo/Chris Carlson)

 

Se com o Compass o Brasil saiu na frente, com o CH-R perdeu feio. Ele já é vendido na Europa e chega aos EUA no ano que vem. No Brasil, a Toyota mostrou no Salão de São Paulo um conceito antigo e ainda não tem previsão de comercializar o modelo, que seria um forte rival para o Honda HR-V. Para o mercado norte-americano, o CH-R terá motor 2.0 e câmbio CVT.

Volkswagen Atlas

Volkswagen Atlas (Foto: AP Photo/Chris Carlson)

 

O SUV para 7 pessoas é o primeiro passo de uma ofensiva da marca alemã para ampliar sua presença nos EUA. Ele terá opções de motores 2.0 turbo e 3.6 e será produzido na fábrica de Chattanooga, no Tennessee.

O modelo tem o jeitão americano com grandes proporções: 5,03 m de comprimento, 1,97 de largura e 1,76 de altura. De acordo com a empresa, o Atlas se encaixa entre o Tiguan e o Touareg e utiliza a plataforma MQB, que é a mesma de Golf e Passat.