Search
quinta-feira 27 julho 2017
  • :
  • :

Chery Retoma Produção Em 2017 E Prevê Contratação Em Jacareí, Sp

Fábrica da Chery de Jacareí vai receber dois novos modelos. (Foto: Divulgação / Chery)

A Chery, montadora chinesa instalada em Jacareí (SP), vai retomar a produção em janeiro de 2017 depois de seis meses sem atividades. A planta vai dar início à produção de dois novos modelos, o que deve gerar até 100 novos postos de trabalho, segundo a empresa.

A multinacional chegou à região em agosto de 2014 com investimento de U$ 400 milhões. Em julho de 2016, no entanto, sentiu os impactos da crise no setor automobilístico e colocou toda a produção em layoff – licença remunerada por meio da suspensão temporária dos contratos de trabalho.

Cerca de 180 trabalhadores foram incluídos no pacote e a produção permaneceu suspensa durante o período. A medida, segundo o sindicato, termina no próximo dia 19, mas a produção só será retomada após o recesso de fim de ano, portanto, a partir de janeiro.

Novos modelosA empresa havia anunciado no Salão do Automóvel, em São Paulo, a chegada de dois novos modelos ao Brasil: o Tiggo 2, o primeiro SUV da marca; e o Arrezo 5, lançado na China em março e que chega ao mercado nacional no segundo semestre de 2017.

saiba mais

Os modelos são um impulso para a produção na unidade de Jacareí, que já produz o compacto popular QQ e o Celer. Segundo a empresa, a fabricação começa com o Tiggo 2, que deve ser produzido ainda no primeiro semestre, e segue com o Arezzo 5, no segundo semestre.

A expectativa da montadora é de ampliar a linha de produção em até 20%, o que representa cerca de 100 novos postos de trabalho. Desde a inauguração da unidade no Brasil, a fábrica opera bem abaixo da capacidade produtiva.

De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos, a empresa produziu no último ano apenas 10% da capacidade fabril. Com o aumento da demanda de modelos, a montadora terá que reforçar a mão de obra.

“A montadora chegou ao Brasil em um momento de adequação de mercado e tem flexibilidade para isso. A reestruturação da fábrica é boa para a cidade, porque traz novos postos de trabalho”, explica o diretor do sindicato, Guirá Borba.

Por meio de nota, a Chery informou que a previsão de contratação é para o primeiro semestre de 2017.