Search
domingo 23 julho 2017
  • :
  • :

Carros 2017: Veja 50 Modelos Esperados

Carros 2017: veja modelos esperados (Foto: Divulgação)

Depois de quedas consecutivas nas vendas desde 2014, as fabricantes começam a adotar um discurso um pouco mais otimista para 2017. Ainda cautelosas, as marcas esperam que este ano represente a retomada do crescimento nos emplacamentos. Ainda assim, o volume de lançamentos deve ser menor do que em 2016.

saiba mais

A tendência, no entanto, não mudou de 2015 pra cá, quando começaram a “brotar” SUVs em todas as faixas de preço. Este ano, são pelo menos 20 novidades – com destaque para mudanças profundas no Chevrolet Tracker e no Ford EcoSport, além da chegada de importantes competidores, como o Hyundai Creta, o Renault Captur e Honda WR-V.

Mas não só de SUVs viverá o Brasil. A Fiat promete duas novidades – hatch e sedã, substitutos de Punto, Bravo e Linea. Já a Volkswagen vai apostar na reestilização do Up, enquanto a Renault lança o Kwid, substituto do Clio.

Por fim, também há esportivos, como o R8 Spyder, o Mercedes-AMG GT R e o tão esperado Ford Mustang.

O G1 listou mais de 50 novidades para 2017. Confira a lista:

AUDI

A3 Sedan – reestilização leve

Audi A3 Sedan será reestilizado já em janeiro (Foto: Divulgação)

Já estão sendo produzidas em São José dos Pinhais (PR) as primeiras unidades do A3 Sedan com visual atualizado. Ele deve estrar ainda em janeiro, e é preciso atenção para notar as diferenças. Os faróis ganharam um recorte mais definido na parte inferior, enquanto a grade agora é hexagonal. Para-choques são novos e as lanternas passam a ter nova disposição das luzes. As motorizações – 1.4 e 2.0, sempre turbo, não mudam. Leia mais

A5 Sportback e Cabriolet – nova geração

Audi A5 Sportback (Foto: Divulgação)

Praticamente todos os modelos importados da Audi que passaram por atualização no exterior devem chegar ao Brasil. O A5 é um deles, logo no primeiro semestre. E em duas carrocerias – sedã e cabriolet. Segundo a Audi, os modelos estão até 17% mais econômicos. As versões escolhidas devem ser as 2.0 turbo, com 190 cavalos ou 252 cv. Leia mais

Q5 – nova geração

Audi Q5, apresentado no Salão de Paris (Foto: Divulgação)

A nova geração do Q5 foi o principal lançamento da Audi no Salão de Paris. O SUV desembarca por aqui trazendo traços de seus dois “irmãos”, Q3 e Q7. A grade tem as bordas mais largas do que nos veículos de passeio da Audi, enquanto as lanternas lembram as do Q7. O novo Q5 deve chegar com motor 2.0 turbo de 252 cv e tração nas quatro rodas. Leia mais

R8 Spyder – nova geração

Audi R8 Spyder (Foto: Divulgação)

A opção conversível do superesportivo chega ao Brasil com motor V10 de 540 cv – curiosamente é menos potente do que o cupê, com seus 610 cv da versão Plus. Ainda assim, tem números de desempenho pra lá de satisfatórios. Acelera de 0 a 100 km/h em 3,6 segundos e alcança 318 km/h de velocidade máxima. Seu preço deve ficar acima de R$ 1 milhão.RS 5 – nova geraçãoO último lançamento da Audi em 2017 deve ser o RS 5. O modelo sequer foi apresentado no exterior, e pouco se sabe sobre especificações. A versão mais esportiva terá carroceria cupê, e já roda em testes na Europa. Sites locais dizem que ele terá um novo motor V6 de 3 litros, com potência na casa dos 480 cv.

S4 – nova geração

Audi S4 (Foto: Divulgação)

Apesar do visual “comportado”, a Audi lançará no Brasil uma versão com mais “tempero” de seu sedã. O S4 tem sob o capô um V6 de 3 litros sobrealimentado. São 354 cv e mais de 50 kgfm de torque. O resultado é uma aceleração de 0 a 100 km/h em 4,7 segundos, com máxima limitada em 250 km/h. Na comparação com o A4 “convencional”, há 4 saídas de escape e detalhes cromados, como nas capas de retrovisores e no difusor traseiro.

S5 – nova geração

Audi S5 (Foto: Divulgação)

Versão mais nervosa da linha até então (a RS 5 de nova geração ainda não foi lançada), o S5 traz o elegante visual da nova geração – sem esquecer da pegada esportiva. O sedã é empurrado por um V6 turbo, que desenvolve 354 cv – mesmo conjunto do S4. A tração é integral, e o câmbio, automático de 8 marchas. Segundo números de fábrica, a aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 4,7 segundos. Leia mais

 

TT RS – nova geração

Audi TT RS 2016 (Foto: Divulgação)

A família do TT ficará completa em 2017 com a chegada das versões RS. Tanto cupê como conversível trazem o mesmo motor 2.5 de cinco cilindros do RS 3, mas reprogramado para ficar ainda mais potente. São 400 cv e 49 kgfm de torque, contra 367 cv do RS 3. De acordo com os números da Audi, o TT RS Coupé é capaz de ir de 0 a 100 km/h em 3,7 segundos, tempo melhor do que o de um Porsche 911 Carrera 4S. O preço certamente será superior aos R$ 350 mil.

BMW

Série 5 – nova geração

Novo BMW Série 5 (Foto: Divulgação)

O sedã alemão teve um salto tecnológico em várias áreas. O Série 5 está até 100 kg mais leve, ganhou comandos da central multimídia por gestos, faróis adaptativos de LED e até sistema semi-autônomo, que praticamente dirige o carro sozinho até 210 km/h. O desenho também evoluiu, e agora está mais parecido com o irmão maior, Série 7. Chega para concorrer com outro rival tecnológico, o Mercedes-Benz Classe E. Leia mais

CHERY

Tiggo 2 – modelo inédito

Tiggo 2 é exposto pela Chery no Salão do Automóvel de São Paulo 2016 (Foto: Flavio Moraes/G1)

O Tiggo 2 é o próximo Chery nacional. A unidade de Jacareí (SP) deve começar a produção do SUV compacto ainda no primeiro semestre. Ele será posicionado abaixo de Honda WR-V, Ford EcoSport e Renault Duster, na entrada do segmento, e será equipado com motor 1.5 e câmbio manual de 5 marchas. O Tiggo 2 é um passo adiante em design na comparação com o Tiggo vendido atualmente no país. Leia mais

Arrizo 5 – modelo inédito

Chery Arrizo 5 (Foto: Flavio Moraes / G1)

O Arrizo 5 é outra aposta da Chery. Menos badalado do que o Tiggo 2, ele também deve ser montado no Brasil, só que mais para o final do ano. Antes disso, chega importado da China, recheado de equipamentos. Há sistema start-stop, teto solar, controle de estabilidade, luzes de LED e tela multimídia de 7 polegadas. Leia mais

CHEVROLET

Equinox – modelo inédito

Chevrolet Equinox (Foto: Divulgação)

A GM confirmou que lançará um novo modelo no Brasil em 2017, inclusive com novo nome. O candidato mais cotado é o SUV Equinox, que chegaria para substituir a já cansada Captiva, em linha sem grandes mudanças desde 2008. A produção do novo modelo deve ser na mesma fábrica da Captiva, em Ramos Arizpe, no México. Inclusive, existe a especulação de que a Captiva nem seja mais produzida. Leia mais

Tracker – reestilização profunda

Chevrolet Tracker 2017 (Foto: Divulgação)

O Tracker já foi apresentado ao público brasileiro, teve os preços confirmados, mas só chegará às lojas no início de 2017. É o primeiro lançamento da Chevrolet no ano. Além dele e o Equinox, as outras novidades devem ser séries especiais de modelos já existentes, além da chegada de uma nova transmissão automática – ainda sem confirmação para modelos. Leia mais

CHRYSLER

Pacifica – modelo inédito

Chrysler Pacifica (Foto: Divulgação)

Apesar de ainda aparecer no site da Chrysler do Brasil, a Town & Country saiu de linha. E a substituta, Pacifica, ainda deve demorar para chegar. A expectativa é de que a nova van chegue ao país no segundo semestre – isso se o câmbio for favorável. Ela traz motor V6 de 3.6 litros e 291 cv. O câmbio é automático de 8 marchas e há uma versão híbrida.

CITROËN

C4 Picasso – reestilização leve

Citroën C4 Picasso reestilizado no Salão de SP 2016 (Foto: Peter Fussy/G1)

Pouco mais de um ano depois de ter sido lançada no Brasil, a minivan C4 Picasso ganha a primeira reestilização. O modelo já teve os preços revelados no Salão do Automóvel, mas começa a ser entregue apenas no começo de 2017. São duas versões: Seduction, de R$ 118,9 mil e Intensive, de R$ 125,9 mil. Ambas contam com motor 1.6 turbo de 165 cv. Leia mais

Grand C4 Picasso – reestilização leve

Citroën Grand C4 Picasso (Foto: Divulgação)

A mesma situação do C4 Picasso vale para a opção maior, de sete passageiros, chamada de Grand C4 Picasso. O modelo esteve no Salão do Automóvel, com as leves alterações. Mudam para-choques e lanternas. Também é oferecido nas versões Seduction, de R$ 128,9 mil e Intensive, de R$ 135,9 mil, sempre com o 1.6 turbo de 165 cv. Leia mais

FIAT

Mobi dualogic – nova versão

Fiat Mobi Drive 1.0 3 cilindros (Foto: Divulgação)

Além do motor 1.0 de três cilindros da família Firefly, o menor Fiat à venda no Brasil também receberá a caixa automatizada Dualogic. Esta será mais uma frente na qual o subcompacto irá concorrer com o Volkswagen Up, que desde 2014 tem uma versão I-Motion, de mesma concepção. Se o câmbio se comportar no Mobi da mesma forma que no Uno, será uma opção interessante para o segmento de entrada. Leia mais

X6H – modelo inédito

‘Mula’ do Fiat X6H rodando em São Paulo (Foto: André Paixão/G1) + DE AUTOESPORTESiga o programa nas redes sociais

Sem dar maiores pistas, a Fiat anunciou dois novos carros para 2017. Um deles é a nova geração do Punto, cujo projeto tem o código X6H. Ainda não está definido se este será o nome final.

Certo mesmo é que a produção será na fábrica de Betim (MG), que se prepara há meses para a novidade. Inclusive já há unidades rodando em teste, como esta da foto, que traz componentes visuais de outros carros, chamado de “mula”. Leia mais

X6S – modelo inéditoO outro membro da família do “novo Punto” é um sedã. Mas ele não sairá de Betim. O modelo, que irá substituir Grand Siena e Linea, será feito em Córdoba, na Argentina, onde a Fiat injetou US$ 500 milhões. Como faz parte da mesma linha de produto, o sedã tem codinome X6S, a última letra caracteriza o tipo de carroceria. Leia mais

FORD

EcoSport – reestilização profunda

Ford EcoSport antes e depois da reestilização (Foto: Divulgação)

A Ford americana “furou” a filial brasileira e mostrou no Salão de Los Angeles a primeira reestilização desta geração do EcoSport. Com visual à la Edge, o SUV compacto só começa a ser vendido por lá em 2018. Bem antes disso, já no ano que vem, ele será lançado no Brasil. Promete melhorias no acabamento interno e novas opções de motor – um 1.5 de três cilindros da família Dragon. Leia mais

Ka Trail – nova versão

Ford Ka Trail, versão ‘aventureira’ do hatch (Foto: André Paixão/G1)

Confirmado no Salão do Automóvel, o Ka com visual aventureiro chega como uma nova versão. Poderá receber motores 1.0 e 1.5, e tem como maiores alterações rodas, maçanetas, retrovisores e rack de teto na cor cinza e grafismos especiais na carroceria. A Ford ainda não confirmou como era nova opção será posicionada na linha.

Mustang – modelo inédito

Ford Mustang Shelby no Salão do Automóvel de São Paulo 2016 (Foto: Flavio Moraes/G1)

Após várias aparições a passeio no Salão de São Paulo, o Mustang finalmente foi confirmado pela Ford. As vendas do esportivo começam no final de 2017, mas sequer há versões confirmadas ou uma estimativa de faixa de preços. Seguindo a lógica do concorrente, o Chevrolet Camaro, o Mustang favorito para desembarcar no Brasil é o GT com motor V8 de 5 litros e 435 cv. Leia mais

HONDA

WR-V – modelo inédito

Honda WR-V (Foto: Flavio Moraes/G1)

A Honda não quer se contentar apenas com as boas vendas do HR-V, e vai aumentar a linha de SUVs em 2017. Apesar do nome parecido, o WR-V traz grandes semelhanças mesmo é com o Fit. Mesmo que a Honda fale que o modelo não é um “Fitão”, basta olhar para a lateral dos dois carros e comparar.

A marca japonesa não deu maiores informações, e disse apenas que o WR-V chega no primeiro semestre. Considerando preços de Fit e HR-V, o novo Honda deve ter preços entre R$ 70 mil e R$ 85 mil. Leia mais

HR-V Touring – nova versão

Honda HR-V Touring (Foto: Divulgação)

O líder do segmento de SUVs no Brasil ganhará uma nova versão topo de linha em março. Chamada de Touring, ela corrige o problema da falta de alguns itens presentes na concorrência, como os sensores de luz e ré, retrovisor interno antiofuscante, faróis de LED e airbags de cortina. Tendo em vista que a versão EXL custa R$ 101,4 mil, a Touring pode beirar os R$ 110 mil, se tornando pouco competitivo diante dos novos rivais.

CR-V – nova geração

Novo Honda CR-V (Foto: Divulgação)

Maior SUV da Honda no Brasil, o CR-V deve chegar renovado no final do ano. A marca ainda não confirma, mas considerando que as vendas nos Estados Unidos já começaram, a tendência é que o modelo desembarque por aqui meses depois. Pela primeira vez, o CR-V será oferecido com motor turbo – a Honda escolheu um 1.5 de 192 cv. Só não se sabe se este propulsor estará disponível no Brasil, ou se a empresa irá manter o 2.0 aspirado de 155 cv. Leia mais

HYUNDAI

Creta – modelo inédito

Hyundai Creta brasileiro tem visual exclusivo, com grade e para-choque redesenhados (Foto: André Paixão/G1)

O Creta, maior aposta da Hyundai no Brasil desde o HB20 também deve representar a maior ameaça ao reinado da dupla Honda HR-V e Jeep Renegade na categoria dos SUVs compactos. As vendas começam em janeiro, e a oferta de versões, com preços entre R$ 73 mil e R$ 100 mil, deve ser um ponto positivo. Leia mais

i30 – nova geração

Novo Hyundai i30 (Foto: Luciana de Oliveira/G1)

A nova geração do hatch médio deve chegar à Europa nos próximos meses. E pode aparecer no Brasil ainda em 2017. De acordo com Márcio Alfonso, diretor de engenharia da Caoa, que vende os modelos importados da Hyundai por aqui, o i30 será homologado para o mercado brasileiro. Resta saber se a marca irá apostar em motores turbo, como vai fazer no Tucson. Leia mais

JAC

T3 – modelo inédito

Jac S2 é o futuro T3, que deve ser fabricado no Brasil (Foto: Divulgação)

A principal aposta da Jac para 2017 é um SUV compacto. A faixa de preços, no entanto, será a mesma de hatches com visual aventureiro, como Renault Sandero Stepway e Chevrolet Onix Activ. Ele terá o mesmo motor 1.5 de 127 cv do T5, e opções de câmbio manual de 5 marchas ou CVT. Deve ser um dos Jac montados no Brasil, em Camaçari (BA).

KIA

Rio – modelo inédito

Kia Rio (Foto: Divulgação)

Depois de algumas promessas, o Rio finalmente deve chegar ao Brasil. A produção no México, que não paga imposto de importação, facilitará a vida do compacto, primo do Hyundai HB20. Ele deve ser lançado no segundo semestre, já com o novo visual e motor 1.6 de 126 cv.

KX3 – modelo inédito

Novo Kia KX3, SUV compacto da marca coreana (Foto: Divulgação)

A chegada do KX3 atrasou, e o SUV compacto, deve desembarcar no Brasil apenas em 2017 – e ainda assim, mais para o final do ano. Ele tem 4,26 m de comprimento, 2,59 m de entre-eixos e, na versão conceitual, foi apresentado com motor 1.6 turbo. O nome final ainda não está definido.

LAND ROVER

Discovery – nova geração

Land Rover Discovery (Foto: Flavio Moraes/G1)

A nova geração do Discovery mudou completamente. Já no nome, não há mais um número que identifica a geração (esta é a quinta). O visual é totalmente novo, e abandona os clássicos faróis quadrados, característicos desde o primeiro modelo. E em termos de tecnologia, há uma série de novidades, como o controle dos bancos por meio de um aplicativo de smartphone. Leia mais

LIFAN

X60 – reestilização leve

Lifan X60 reestilizado, apresentado no Salão de São Paulo 2016 (Foto: Flavio Moraes / G1)

Chinês mais vendido do Brasil, o X60 passa por mais um facelift, e além do visual atualizado, ganha a opção de câmbio automático do tipo CVT. A Lifan ainda não definiu mês de lançamento e preço, mas ele deve custar cerca de R$ 75 mil. O motor 1.8 de 128 cv não sofre alterações.

MERCEDES-BENZ

E Coupé – nova geração

Mercedes-Benz Classe E Coupé (Foto: Divulgação)

O Classe E Coupé só será apresentado no Salão de Detroit, no início de janeiro. Mas já teve a venda confirmada no Brasil, ainda no primeiro semestre do próximo ano. O E Coupé carrega muito dos outros cupês da marca, como o C e o S, com uma elegante queda no teto e as lanternas na horizontal. O destaque fica por conta do vidro lateral, com duas divisões.

E43 AMG – nova versão

Mercedes-AMG E 43 (Foto: Divulgação)

A chegada do Classe E AMG “ de entrada” está prevista para março, ao preço de R$ 499,9 mil. Pelo meio milhão de reais, o cliente pode levar para casa um sedã de 401 cv, originários de um V6 biturbo de 3 litros. Ele não traz o pacote visual do E 63, mas tem seu charme, com uma grade repleta de pontos cravejados e belas rodas de 20 polegadas. 

E63 AMG – nova versão

Mercedes-AMG E 63 (Foto: Divulgação)

Uma opção mais “apimentada” do Classe E também foi confirmada pela Mercedes. O E 63 AMG se diferencia do modelo “menos bravo” por ter motor V8 de 4 litros – o mesmo do AMG GT – de 571 cv e 76,5 kgfm de torque. Com esse conjunto, o sedã esportivo acelera de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos – mais um que supera o Porsche 911 Carrera 4S. Ainda não há preço definido.

GT R – nova versão

Mercedes-AMG GT R (Foto: Divulgação)

O “Green Hell”, ou Inferno Verde, será lançado no Brasil. O AMG GT R, que homenageia o circuito alemão de Nurburgring, chega ao país em 2017, certamente em uma série bem limitada, com preço acima de R$ 1 milhão. O GT R traz uma série de melhorias na comparação com o GT S. O V8 4.0 teve a potência aumentada para 593 cv, enquanto há novos aparatos tecnológicos, como aletas dinâmicas e eixo traseiro capaz de esterçar as rodas em até 1,5 grau. Leia mais

MINI

Countryman – nova geração

Mini Countryman (Foto: Divulgação)

A Mini antecipou em alguns meses a chegada do novo Countryman ao Brasil. O modelo que chegaria apenas no final do ano, deve começar a ser vendido na metade do ano. Por outro lado, a produção em Santa Catarina não está confirmada, já que a matriz ainda estuda a viabilidade da atualização da linha de Araquari. Outra boa notícia é que o Countryman híbrido plug-in, que pode ser carregado na tomada, também será oferecido por aqui. Leia mais

NISSAN 

Kicks – produção nacional e novas versões

Nissan Kicks deve ganhar novas versões em 2017 (Foto: Divulgação)

O ano fiscal de 2016 da Nissan só termina no final de março. E uma das metas até lá é o início da produção nacional do Kicks – importado do México desde agosto. A fabricação em Resende (RJ) deve resolver uma questão essencial para a vida do SUV no país.

Com versões mais baratas, ele poderá competir em melhores condições com seus maiores rivais, Honda HR-V, Jeep Renegade e Hyundai Creta. Além da SL e da SV Limited, devem ser lançadas mais uma ou duas configurações. Também é estudada a adoção de uma opção de câmbio manual para o modelo.

Frontier – nova geração

Nova geração da Nissan Frontier é lançada no Brasil (Foto: André Paixão/G1)

A nova geração da picape desembarca com um certo atraso no Brasil. Ela esteve no Salão do Automóvel de Buenos Aires de 2015, e já é vendida na Argentina. Por aqui, terá um novo motor 2.3 de 190 cv e uma boa atualização visual e de equipamentos. É a última das picapes em linha no Brasil a receber uma atualização. A Frontier é a base da Renault Alaskan, que chega em 2018, e da picape da Mercedes-Benz, ainda em forma de conceito. Leia mais

PEUGEOT

3008 – nova geração

Peugeot 3008 (Foto: REUTERS/Benoit Tessier)

O novo 3008 deixou de ser um crossover e adotou o “jeitão” de SUV na Europa. Por aqui, deu as caras no Salão do Automóvel e teve a importação confirmada para o primeiro semestre do ano que vem. Além do visual completamente renovado, traz uma cabine caprichada e com visual futurista. Deve manter o bom motor 1.6 turbo. Leia mais

PORSCHE

Panamera 4 E-Hybrid – nova versão

Porsche Panamera E-Hybrid (Foto: Divulgação)

A versão híbrida do novo Panamera está confirmada para chegar ao Brasil em 2017 – ainda não há um mês específico. Na configuração “verde”, o sedã-cupê tem potência combinada de 462 cv, sendo que 330 cv vêm do V8 biturbo e 136 cv do motor elétrico. Lembrando que a potência combinada nem sempre é a soma simples dos dois tipos de propulsão.

RAM

1500 – modelo inédito

Caminhonete RAM 1500 é apresentada no estande da Chrysler no Salão do Automóvel de São Paulo 2016 (Foto: Alan Morici/G1)

Irmã menor da 2500, a picape deve pintar no Brasil importada do México. As vendas devem começar no segundo semestre, e a marca americana trabalha para que o modelo custe cerca de R$ 200 mil – faixa pouco acima de competidoras consideradas médias, como Toyota Hilux e Ford Ranger. A motorização escolhida deve ser a V6 3.0 diesel de 243 cv. Leia mais

RENAULT

Captur – modelo inédito

Renault Captur (Foto: Alan Morici/G1)

Primeiro produto inédito da Renault em 2017, o Captur será lançado pouco antes do Carnaval. Inicialmente, chega com motor 2.0 de 148 cv e câmbio automático de 4 marchas. O conjunto é o mesmo presente em Duster e Oroch, e equipará as versões topo de linha. Mais para frente, chegam opções mais baratas, com motor 1.6 de 120 cv e transmissão CVT. Leia mais

Duster e Oroch 1.6 SCe – novo motor

Renault Duster Oroch Dynamique (Foto: Divulgação)

O novo motor 1.6 SCe, já presente em Logan e Sandero, também vai equipar a dupla Duster e Oroch, que começam a ser vendidos logo no começo do ano. Nos modelos maiores, a potência é um pouco mais alta – são 120 cv e 16,2 kgfm, contra 118 cv e 16 kgfm dos compactos. Além dos números de performance superiores, o consumo de combustível com esta nova unidade promete ser bem mais baixo. Leia mais

Koleos – modelo inédito

Renault Koleos (Foto: Divulgação)

O plano de rechear a linha de SUVs terá como modelo mais caro – e completo – o Koleos. Apesar do nome de pronúncia complicada, a chegada do utilitário é certa para maio. Ele chega importado da Coreia do Sul, trazendo motor 2.5 aspirado de 175 cv. O veículo, mostrado no Salão de São Paulo, traz acabamento caprichado e porte para brigar com Hyundai Santa Fe e Kia Sorento. Leia mais

Kwid – modelo inédito

Renault Kwid (Foto: Alan Morici/G1)

Mostrado como um showcar no Salão do Automóvel, o Kwid será lançado apenas no segundo semestre. A Renault divulga poucas informações do modelo, mas o G1 apurou em julho que o subcompacto será vendido como um “micro SUV”, e terá motor 1.0 de três cilindros de 75 cv – uma versão simplificada do motor SCe de Logan e Sandero. Leia mais

TOYOTA

Corolla – reestilização profunda

Toyota revela reestilização do Corolla na Europa (Foto: Divulgação)

Mesmo com rivais mais modernos, o Corolla mantém a firma liderança entre os sedãs médios. Ainda assim, a Toyota vai promover mudanças em seu modelo mais vendido. Na dianteira, os faróis ficarão mais afilados, e a grade com perfil mais esguio.

Na cabine, as saídas de ventilação laterais ganham formato arredondado. Bom mesmo seria se o sedã passasse a ter controles de tração e estabilidade – itens que ele não conta nem na versão mais completa. Leia mais

RAV4 – remodelação leve

Toyota RAV4 2017 (Foto: Divulgação)

Apresentado de forma tímida no Salão do Automóvel, o RAV4 chega logo no começo de 2017 com mudanças igualmente discretas. São novos os para-choques, faróis e lanternas e grade. Fora isso, praticamente tudo igual. Inclusive o conjunto mecânico, composto de motor 2.0 aspirado com transmissão CVT.

VOLKSWAGEN

Amarok V6 – novo motor

A caminhonete Amarok é vista no estande da Volkswagen no Salão do Automóvel de São Paulo 2016 (Foto: Alan Morici/G1)

Apesar de já estar à venda no Brasil, a Amarok atualizada não recebeu a mudança mais esperada – o motor V6 diesel de 3 litros e 224 cv. Ele só desembarca no Brasil no 2º semestre de 2017, com uma nova versão topo de linha. Com este propulsor, o modelo da Volkswagen se tornará a picape média mais potente do país.

Tiguan – nova geração

Volkswagen Tiguan no Salão de Frankfurt 2015 (Foto: Ralph Orlowski/Reuters)

Na Europa, a Volks até transferiu a produção do antigo Tiguan para atender mercados secundários enquanto o novo carro vai sendo abastecido na Europa. A nova geração deve pintar mais para o final do ano – produzida no México, com entre-eixos alongado na comparação com o modelo europeu. Com isso, o SUV não pagaria imposto de importação e ganharia competitividade no mercado local. Esta versão inclusive será apresentada no Salão de Detroit, em janeiro, e vai se chamar Allspace

Up – reestilização leve

Volkswagen Up! passa pela primeira reestilização (Foto: Divulgação)

Ausência no Salão do Automóvel, o Up reestilizado deve dar as caras no Brasil no primeiro semestre, apesar de a fabricante não confirmar. As mudanças não são grandes – incluem novos para-choques, grade superior maior e lanternas com nova disposição das luzes. Por dentro, se seguir o modelo europeu, o Up pode ganhar uma central multimídia mais sofisticada, novo quadro de instrumentos e até ar-condicionado digital. Os modernos motores 1.0 aspirado e turbo não sofrem mudanças.

VOLVO

S90 – novo modelo

Volvo S90 (Foto: Jewel Samad/AFP Photo)

O sedã topo de linha da Volvo desembarca no Brasil no 2º semestre, trazendo o mesmo nível de tecnologia do SUV grandalhão XC90. Ele é capaz de dirigir sem auxílio do motorista em velocidades de até 130 km/h, além de detectar animais de grande porte, seja dia ou noite. A motorização escolhida pela Volvo deve ser a T6, com um 2.0 de 320 cv. Leia maisXC90 T8 – nova versão

Volvo XC90 T8 (Foto: Divulgação)

A linha do XC90 deve ficar completa ainda no primeiro semestre de 2017. Depois da versão a diesel, a Volvo trará ao Brasil um lote limitado da série Excellence. Em vez de sete pessoas, ela leva quatro ocupantes com muito luxo, com direito a geladeira e taças de cristal. Já a versão T8 deve ser fixa. Ela é híbrida, e tem potência combinada de 400 cv e possibilidade de recarga na tomada.